06.02.2020: Prova de Doutoramento em Direito do Mestre Jorge Cortês

Membro do júri do ato público de defesa do Doutoramento em Direito, com as funções de presidente e vogal, do Mestre Jorge Alexandre Trindade Cardoso Cortês, que apresentou uma tese intitulada “O princípio da igualdade de armas e o direito à prova no processo fiscal declarativo de estrutura impugnatória”, também integrado pelos Professores Doutores Rui Duarte Morais, Glória Teixeira, Gustavo Courinha, Joaquim Freitas Rocha (1º arguente), José Lebre de Freitas (orientador), Mariana França Gouveia e Rita Calçada Pires (2ª arguente), o qual teve lugar na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, em 6 de fevereiro de 2020, tendo o candidato sido “Aprovado” por maioria, com a classificação final de “Aprovado”.